Jornal da Record Vigilância Sanitária investiga se mulher morreu por causa de vacina contra febre amarela 

Vigilância Sanitária investiga se mulher morreu por causa de vacina contra febre amarela 

A Vigilância Sanitária investiga a morte de Ana Carolina, após ela ter tomado a vacina contra a febre amarela, em Minas Gerais. Segundo a filha dela, a agente de saúde incentivou que sua mãe tomasse a dose, mas, em nenhum momento, a questionou se tinha alguma doença. Ana Carolina sofria de artrite reumatoide, que é uma doença autoimune. Essa é uma das contraindicações da vacina contra a febre amarela. Ela começou a passar mal, seis dias após ter recebido a aplicação. E a morte ocorreu em menos de um mês.

Últimas