Ver o conteúdo do artigo
Cloris Akonteh, do Jornal da Record

Velas e lamparinas! Mais de 1,5 milhão de pessoas vivem sem luz dentro de casa, famílias brasileiras que estão espalhadas por várias regiões do país.

Algumas estão em lugares isolados como ilhas, áreas rurais ou comunidades quilombolas, mas também tem gente no escuro que mora no coração da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Dados do Ministério de Minas e Energia mostram a realidade da pobreza energética pelo Brasil (Arte R7)

Dados do Ministério de Minas e Energia mostram a realidade da pobreza energética pelo Brasil

Arte R7

O Jornal da Record  fez uma expedição por essas regiões em que as pessoas não sabem o que é banho com chuveiro elétrico e nem podem guardar comida na geladeira.

Os repórteres Pedro Paulo Filho, Rogério Guimarães e Ingrid Griebel percorreram o Rio de Janeiro, o Espírito Santo, o Maranhão e o Ceará.

Eles se impressionaram com o que viram e ouviram durante as gravações da série especial.

Pedro Paulo Filho
Na Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro: da esquerda para a direita, Thiago Bessa, Pedro Paulo Filho, Helízio Gonçalves e João Paulo Souto (Arquivo Pessoal)

Na Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro: da esquerda para a direita, Thiago Bessa, Pedro Paulo Filho, Helízio Gonçalves e João Paulo Souto

Arquivo Pessoal

Encontrar tantas famílias sem energia, no escuro no Rio de Janeiro é algo inacreditável. Quando vi isso no Parque Nacional, no coração da floresta da Tijuca, eu percebi o quanto seria importante ter uma série de reportagens como essa para que essas pessoas fossem ouvidas. Em comunidades carentes da Baixada Fluminense, eu encontrei gente que não tem dinheiro para pagar a conta de luz. E existem lugares no Rio que a rede de energia é comandada pelo crime organizado

PEDRO PAULO FILHO

Rogério Guimarães
Rogério Guimarães e cinegrafista: nossas equipes percorreram regiões isoladas do Nordeste (Reprodução/Record TV)

Rogério Guimarães e cinegrafista: nossas equipes percorreram regiões isoladas do Nordeste

Reprodução/Record TV

A ilha da Caçacueira, no Maranhão é uma ilha com tudo, beleza, praias, natureza. Mas sem nada também. Não tem energia durante o dia. Lá só tem luz durante a noite. Quando encontrei a escola na vila, eu entrei. Eu vi alunos estudando no escuro, forçando para enxergar o quadro, escrevendo com rosto colado no caderno. Mas eles são dedicados, com sede de aprender, vencer. Eles ficam quatro e até cinco horas do dia naquela sala abafada pelo sol quente do Maranhão. Tudo para buscar um futuro melhor que inclusive pode mudar a vida da ilha

ROGÉRIO GUIMARÃES

Ingrid Griebel
Ingrid Griebel e o cinegrafista Mário Falcon com moradores da região de Carapina: nunca tiveram rede elétrica em suas casas (Reprodução/Record TV)

Ingrid Griebel e o cinegrafista Mário Falcon com moradores da região de Carapina: nunca tiveram rede elétrica em suas casas

Reprodução/Record TV

Ouvir as histórias que ouvi, me impressionou muito. Viajei para muitos lugares. Um deles foi a região rural de Pedro Canário, no Espírito Santo e lá conheci o Seu Vilmar, um homem da roça. Em pleno século 21, ele usa velas. Nunca tomou banho de chuveiro elétrico, usa caneca e água que esquenta no fogão. E a comida precisa durar um dia só. Não tem geladeira. As comunidades isoladas não têm qualquer contato com TV e internet, nada. Mas eu saí de lá, com a frase dele de que tem a esperança de um dia ter luz em casa. Foi um pedido de socorro que transformei em palavras, no texto da série de reportagem que mostra a realidade de milhares de pessoas que vivem da mesma maneira. Que a luz seja para todos os brasileiros

Seu Vilmar: em pleno século 21, ele usa velas na região de Pedro Canário no Espírito Santo
 (Reprodução/Record TV)

Seu Vilmar: em pleno século 21, ele usa velas na região de Pedro Canário no Espírito Santo

Reprodução/Record TV

Conheça o seu Vilmar:

Dona Deusenir: só tem luz durante a noite (Reprodução/Record TV)

Dona Deusenir: só tem luz durante a noite

Reprodução/Record TV

Assista à série Pobreza Energética, exibida no Jornal da Record:

Como é a vida na escuridão em uma comunidade sem acesso à energia elétrica

Falta de energia atrasa os estudos das crianças no norte do Maranhão

Comunidades no Rio de Janeiro sofrem com a falta de energia elétrica

Por falta de luz elétrica, mulher de quase 70 anos nunca tomou banho quente

Como a falta de energia elétrica afeta o trabalho e a renda dos brasileiros

O Jornal da Record vai ao ar de segunda a sábado, a partir das 19h45, na tela da Record TV.