Pan Lima 2019 Ana Sátila une experiência e juventude para brilhar no Pan

Ana Sátila une experiência e juventude para brilhar no Pan

Logo aos 16 anos, a canoísta participou de sua 1ª Olimpíada, em Londres; agora, ela já acumula medalhas em mundiais e no Pan-Americano de 2015

Ana Sátila une experiência e juventude para brilhar no Pan

Arte/R7

Poucos são os atletas que, aos 23 anos, podem se gabar de um currículo como o de Ana Sátila na canoagem. A jovem vai para a segunda edição dos Jogos Pan-Americanos de sua carreira e é uma das favoritas na canoagem slalom.

Logo aos 16 anos, Ana participou de sua primeira Olimpíada, em Londres 2012, e ficou com a 16ª colocação. Três anos depois, vieram as medalhas no Pan de Toronto 2015 — uma medalha de ouro na categoria C1 e uma de prata na K1. Na Rio 2016, aos 20, ficou na 17ª posição.

Se as medalhas olímpicas não vieram nas duas primeiras participações, a canoísta mineira deu a volta por cima nos dois mundiais seguintes: em 2017, na França, um bronze na categoria C1 e uma prata na Extreme K1.

Veja também: Calejada, Mayra Aguiar quer quarta medalha consecutiva em Pan

A consagração veio na edição de 2018, no Rio de Janeiro: na categoria Extreme K1, ela conquistou sua primeira medalha de ouro em um Mundial.

Com uma vasta experiência apesar da pouca idade, Ana Sátila vai para seu segundo Pan de olho no pódio.

O Pan-Americano de Lima 2019 terá transmissão da Record TV e da Record News. Os Jogos acontecem de 26 de julho a 11 de agosto.

Veja como estão as obras nas arenas esportivas para o Pan de Lima 2019