Pan Lima 2019 Martine Grael e Kahena Kunze serão as porta-bandeiras do Brasil no Pan 

Martine Grael e Kahena Kunze serão as porta-bandeiras do Brasil no Pan 

Velejadoras campeãs olímpicas na Rio 2016 serão as primeiras mulheres nesta função na história dos Jogos Pan-Americanos

Martine Grael será a porta-bandeira do Brasil no Pan de Lima

Brasil terá duas porta-bandeiras pela primeira vez nos Jogos

Brasil terá duas porta-bandeiras pela primeira vez nos Jogos

Reprodução/Instagram/CBVela

O COB (Comitê Olímpico do Brasil) anunciou, nesta quinta-feira (25), na Vila Pan-Americana, que Martine Grael e Kahena Kunze serão as porta-bandeiras do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Lima 2019.

Esta será a primeira vez que mulheres brasileiras terão esta função na história dos Jogos Pan-Americanos. Segundo o COB, a demora no anúncio se deu pelo fato de que o comitê teve de realizar uma solicitação à Panam Sports (antiga Odepa), que permite apenas um porta-bandeira, para que o protocolo fosse quebrado e duas atletas pudessem ter a incumbência ao mesmo tempo.

Será a primeira vez em que uma delegação brasileira terá dois atletas como porta-bandeiras em Jogos Pan-Americanos.

As duas chegaram nesta quinta, vindas de uma competição no Japão, e se disseram surpresas, mas orgulhosas com a notícia. "É uma honra poder representar o Brasil e também as mulheres", disse Kahena. Já Martine afirmou estar orgulhosa por cumprir uma função que, em 1995, nos Jogos de Mar del Plata (Argentina), foi de seu pai, Torben.

Kahena e Martine, pouco após o anúncio oficial do COB

Kahena e Martine, pouco após o anúncio oficial do COB

Guilherme Padin/R7

"Estou muito feliz por ela. E sei que para a Martine (Grael) é uma honra ser a porta-bandeira, especialmente por ser a primeira mulher. Foi em Jogos Pan-Americanos (Toronto-2015) que ela ganhou a primeira medalha em grandes competições. Foi prata. E depois veio o ouro no Rio 2016", disse Torben Grael.

Martine e Kahena ganharam projeção nacional na Olimpíada Rio 2016, quando conquistaram a medalha de ouro da vela na classe 49er FX. A dupla também conquistou o título da Copa do Mundo de Vela de 2014, na Espanha.

Nas últimas edições do Pan, os porta-bandeiras foram Thiago Bandeira (Toronto 2015), Hugo Hoyama (Guadalajara 2011), Vanderlei Cordeiro de Lima (Rio 2007), Maurício Lima (Santo Domingo 2003) e Robert Scheidt (Winnipeg 1999).

A Record TV é a emissora oficial dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Você pode acompanhar os eventos ao vivo no R7.com e conferir todas as transmissões e as íntegras no Playplus.com.

* colaborou Valéria Corbucci, repórter do R7

Por dentro da Vila: veja a casa dos atletas em Lima 2019