Pecado Mortal Felipe Cardoso relembra desafios de viver Otávio em Pecado Mortal: "Adrenalina diária"

Felipe Cardoso relembra desafios de viver Otávio em Pecado Mortal: "Adrenalina diária"

Ator conciliava uma intensa rotina de treinos com o estudo de cerca de sessenta páginas gravadas por dia

Felipe Cardoso é Otávio na novela Pecado Mortal

Felipe Cardoso é Otávio na novela Pecado Mortal

Munir Chatack/RECORD

Felipe Cardoso é um dos telespectadores especiais da reprise de Pecado Mortal, na RECORD. O ator, que há 10 anos deu vida a Otávio na trama, relembrou os desafios e confidenciou que chegou a fazer testes para interpretar outro personagem.

Filho mais velho de Michelle (Luiz Guilherme), Otávio seria o sucessor natural dos negócios da família, mas seu temperamento e a admiração do pai por Marco Antônio (Fernando Pavão) impediram que isso acontecesse. Por isso, ele cresceu dividido entre o amor e a inveja que sente do irmão.

Em entrevista ao site oficial, o ator revelou que costuma assistir aos capítulos para analisar a própria atuação. 

"É muito legal rever e, ao mesmo tempo, é curioso. O ser humano se transforma muito. Então, penso que o Felipe de hoje em dia faria diferente em algumas cenas. Mas, gosto da maioria dos capítulos que assisto porque, de verdade, foi uma novela muito boa e gostosa de se fazer, tanto nos bastidores quanto no texto e na direção. Tenho memórias muito boas". 

Quem assiste Felipe na pele de Otávio não imagina que o ator fez testes para interpretar outro personagem na trama. "Foi um processo muito encantador desde o início. Eu estava gravando José do Egito (2013) no Deserto do Atacama, no Chile, e quando voltei e fiz o teste para interpretar o mecânico Bernardo Avelar, que foi feito brilhantemente pelo Gero Pestalozzi, um ator maravilhoso. Só que o Carlos Lombardi [autor] e o Alexandre Avancini [diretor-geral] entenderam que eu deveria fazer o Otávio, um dos protagonistas. Quando soube que seria  irmão do Carlão (Fernando Pavão) foi uma alegria, é um grande amigo meu de anos".

Otávio é um dos protagonistas

Otávio é um dos protagonistas

Munir Chatack/RECORD

O ator também revelou que manter o corpo em forma era um grande desafio, já que o papel exigia um porte atlético e musculoso. "Eu tinha que ir para a academia todos os dias para ter uma boa aparência física e condicionamento. As gravações eram movimentadas, tinham tiroteios, pulávamos por cima dos carros, descíamos o morro. Então, foi uma novela que exigiu muito fisicamente também".

Felipe conciliava a rotina de treinos com os estudos. "Eu chegava em casa tarde da noite depois das gravações e estudava as falas do dia seguinte, eram muitas páginas de texto. Ficava até duas da manhã decorando e, às sete, já ia para a academia, e depois direto para o estúdio. Foi puxado, mas todo personagem exige um esforço diferente. E isso é bom porque nos mantêm vivos".

O artista define Pecado Mortal como um importante marco em sua carreira. "O Otávio me transformou em um profissional que gravava sessenta páginas por dia e estava pronto para isso. Quando acabou a novela, fiquei sem rumo, porque era tanta adrenalina diária, e depois ficou um vazio. O personagem me preencheu em todos os sentidos. Mas, carrego comigo a amizade de todos que fizeram parte desse projeto. Nunca vou me esquecer do amor e da garra daquela equipe".

Pecado Mortal vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 22h45, na tela da RECORD.

Conheça os personagens da novela Pecado Mortal:

Últimas