Podcast Arquivo Vivo Podcast Arquivo Vivo – O assassinato da atriz Daniella Perez por um colega de elenco – Ep. 12 

Podcast Arquivo Vivo – O assassinato da atriz Daniella Perez por um colega de elenco – Ep. 12 

Filha da autora Glória Perez, atriz foi vítima de uma emboscada montada por Guilherme de Pádua e pela mulher dele, Paula Thomaz, em 28 de dezembro de 1992

No podcast Arquivo Vivo desta semana, Renato Lombardi e Percival de Souza analisam um crime que chocou o Brasil e a TV brasileira. Daniella Perez, atriz e filha da autora de novelas Glória Perez, foi vítima de uma emboscada e morta aos 22 anos, quando saía das gravações da novela da qual era uma das estrelas. O crime ocorreu em 28 de dezembro 1992.

O assassino é um ator coadjuvante da mesma novela na qual Daniella atuava. Guilherme de Pádua contou com a ajuda de sua mulher, Paula Thomaz, que na época do crime estava grávida de quatro meses.

Ambição e ciúme ditaram o roteiro dessa verdadeira tragédia que marcou o Brasil. Guilherme via em Daniella uma oportunidade de ascender profissionalmente e insistia numa aproximação com a atriz. Casada com o também ator Raul Gazolla, ela ignorava as investidas do colega de elenco. Ao mesmo tempo, Paula Thomaz sentia ciúmes doentio de Guilherme ao vê-lo contracenando com Daniella na novela.

Com receio de ser prejudicado na carreira, rejeitado pela filha de uma autora prestigiosa, Guilherme de Pádua e Paula Thomaz decidiram matar Daniella Perez.

Últimas