Novidades Power Couple Brasil 5 estreia sob o comando de Adriane Galisteu e com novidades no formato

Power Couple Brasil 5 estreia sob o comando de Adriane Galisteu e com novidades no formato

Em coletiva virtual, a apresentadora e os diretores contam o que vai acontecer com os 13 casais que disputarão o reality show. A estreia é neste domingo (9), às 22h45

  • Novidades | Jonathan Pereira, do site oficial

Adriane Galisteu fala sobre a expectativa para a estreia do Power Couple Brasil

Adriane Galisteu fala sobre a expectativa para a estreia do Power Couple Brasil

Reprodução/Facebook

Os fãs de reality show já podem contar os dias para domingo (9), quando estreia a quinta temporada o Power Couple Brasil, logo após o Domingo Espetacular. As novidades da competição — que confinará 13 casais em busca de um prêmio que pode chegar a R$ 1 milhão — foram divulgadas em uma coletiva de imprensa virtual nesta quarta (5).

Entre as novidades, o público encontrará Adriane Galisteu animadíssima para comandar a atração, a atriz e ex-Fazenda Lidi Lisboa falando com os casais eliminados na Cabine de Descompressão e na Live do Eliminado e a Herança da DR, que o casal que sair deixará para alguém.

Dinâmica
Os pares continuam participando da Prova dos Homens, Prova das Mulheres e Prova dos Casais ao longo da semana, além da temida DR, que culmina na eliminação toda quinta-feira. Embora continuem fazendo apostas de até R$ 40 mil nos parceiros, algumas partes dessa dinâmica foram modificadas: uma votação aberta e ao vivo vai mandar um dos casais direto para a DR.

“Um casal vai pelo ranking de dinheiro das apostas e um vai pelo pior desempenho na Prova de Casais. Na quinta, o público decide entre esses três quem fica, e o casal menos votado sai”, explica o diretor do núcleo de realities da Record TV, Rodrigo Carelli.

A Herança da DR, decidida pelo público a cada semana, também não existia nas edições anteriores. O casal que for eliminado ativa esse poder, e a herança — que pode ser algo bom ou ruim — irá para o casal escolhido por eles.

Outra novidade é que festas serão realizadas no lugar do Vale Night, pois não se poderá sair do confinamento por conta da pandemia. Já na estreia, neste domingo (9), estará em disputa um prêmio. 

Provas acontecem três vezes por semana

Provas acontecem três vezes por semana

Reprodução/RecordTV

Animada
Adriane Galisteu não esconde o entusiasmo em estar à frente do programa. “Sou fã de reality show mesmo, desde quando não estava na moda. É divertido, emocionante, intrigante. Pela primeira vez, estou saindo de telespectadora e fã para trabalhar em um reality. Tenho estado nos bastidores e percebido o quanto é difícil fazer. Hoje, valorizo ainda mais os participantes", diz.

A apresentadora já conheceu os quartos da Mansão Power — que foi repaginada e ganhou uma nova identidade cinematográfica, com cada quarto inspirado em um gênero de filme — e contou sua perspectiva caso fosse confinada.

“É agoniante. Aquilo por si só já te estressa, é um lugar preparado para te deixar tenso. E a gente não consegue entender como os casais acabam relaxando, se entregando, realmente é muito difícil. Hoje, tenho certeza absoluta que as grandes estrelas são os participantes, eles que dão tudo que a gente precisa: o conteúdo, as alegrias, as tristezas, as angústias”, avalia.

O casal com menos dinheiro ficará hospedado em um quarto “perrengue”, que promete dar o que falar. Mas a dupla que conquistar o maior saldo financeiro da semana se torna o Casal Power e terá direito à suíte mais confortável da casa, chamada de Suíte Power. Haverá também uma barraca, que será montada na área externa da casa.

Adriane confessa que sua maior dificuldade quando o programa começar será não se apegar. “Em casa, escolho os casais que mais gosto, os que vou ter ranço. Como apresentadora, tenho que ficar absolutamente neutra. acho que essa vai ser a minha maior dificuldade, me manter neutra até o final, sem puxar sardinha para um ou outro”.

Ela está disposta a quebrar o velho ditado de que “em briga de marido e mulher não se mete a colher”. “É para isso que a gente está lá, quero meter a colher. Que conversa antiga! A gente quer meter a colher, garfo, remexer bastante, tudo o que puder. Com certeza, vamos falar dos conflitos dos casais. Este ano como vamos dar atenção à convivência também, poderemos nos meter bastante na vida deles. É bom quando a gente discute a vida de outro casal, né? É tudo fácil! Pimenta no dos outros é refresco”, diverte-se.

Participantes
Carelli falou sobre a escolha do elenco. “Nas outras edições, buscávamos casais com relações sólidas, duradouras, com filhos, um tempo grandes juntos. Agora, buscamos casais com histórias bem diferentes umas das outras, alguns com pouco tempo de relacionamento, e um monte de histórias que se entrecruzam”.

Mudanças aconteceram também na lista original para o programa, que seria realizado no ano passado, mas precisou ser suspenso por conta da pandemia. “Percebemos que o elenco tem muito a ver com a época. Já tínhamos feito uma lista de 13 participantes, mas teve casal que se desfez, outros que não estavam mais interessados por ter de passar pelo protocolo [de segurança], e outros que perderam o momento interessante de estar em um reality”, explica.

Protocolos de segurança
Os cuidados já tomados na última edição de A Fazenda 12, no ano passado, continuam para evitar que alguém se infecte pela covid-19. Isso impacta na realização das provas, que demoram mais tempo, já que tudo precisa ser higienizado após cada casal de participantes.

“Nossa preocupação continua redobrada, com todos os procedimentos, provas, integridades dos participantes e equipe. Trabalhamos com uma equipe de infectologistas que nos auxilia. Tivemos sucesso na temporada anterior de A Fazenda e renovamos outros protocolos para realizar o Power’, explica o diretor-geral Fernando Viudez.

Adriane acredita que o atual momento aumenta o interesse por realities. “Em época de pandemia, estamos todos confinados, todos em um grande reality. A gente se identifica com a situação, a angústia, percebe que acaba explodindo em casa mais que antes, ou percebe que casou muito bem, ou muito mal. O reality tem muita identificação com a gente”.

Câmeras
Ao todo, 50 câmeras, sendo 41 delas robóticas, foram instaladas para captar cada movimento dos competidores. Elas são desligadas em determinado momento da noite, ficando apenas a da sala registrando o que acontecer.

“Eles terão seis horas de privacidade. As câmeras dentro do quarto estão em uma altura mais baixa e criamos umas capas que eles coloquem nelas durante esse toque de recolher”, explica Carelli.

Multiplataforma
Os fãs do casal eliminado um tempo a mais para vê-los, primeiro na Cabine de Descompressão, no PlayPlus, sendo entrevistado pela atriz e ex-Fazenda Lidi Lisboa, e no dia seguinte, na Live do Eliminado, de forma multiplataforma em todas as redes sociais,

“É um programa mais longo no qual o casal vai responder a perguntas do público. Lidi é nossa atual rainha dos memes. Estamos apostando no engajamento dessa parceria. Adriane está super presente nas redes sociais do Power, como com o Galistour, acompanhando o dia a dia dela”, adianta Bia Cioffi, diretora de planejamento transmídia da Record TV.

A interação não para por aí. “Semanalmente, o público poderá mandar perguntas para os casais da mansão, fora gifs e comentários das redes sociais na tela do reality”, conta.

Adriane convida todos a assistirem, seja na TV ou no PlayPlus. “Estarei assistindo o máximo de tempo possível que eu conseguir ficar acordada para saber de cada confusão, cada tretinha, cada beijo na boca para contar para todo mundo que está assistindo. A partir de domingo, temos um encontro marcado”, vibra.

Gugu
A apresentadora abriu o coração ao dizer como é herdar um programa que foi de Gugu Liberato. “Eu era muito amiga do Gugu, sinto muita falta dele e é difícil entender que ele não está mais aqui, às vezes, esqueço. Não tenho nenhuma intenção de substituir o Gugu, acho ele absolutamente insubstituível, tenho a intenção de encontrar meu tom, meu caminho lá dentro, fazendo o programa”.

Para isso, ela evitou rever edições passadas. “Olho para o Gugu com admiração, vou sempre aplaudi-lo, mas nem de longe quero ver o que ele fazia para não tentar copiar. Assisti como telespectadora, mas como profissional estou encontrando meu caminho sem assisti-lo”.

Após a estreia neste domingo (9), o Power Couple Brasil 5 irá ao ar de segunda a sábado, às 22h45, na Record TV.

Últimas