João Galamba apresentou a demissão ao primeiro-ministro António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa já aceitou a saída do ministro das Infraestruturas. Uma decisão que segundo o próprio foi tomada para assegurar à família a tranquilidade e a discrição a que têm direito. Entretanto, foi também aceite pelo chefe de Estado a exoneração do secretário de Estado da Economia, Pedro Cilínio.

Últimas