Centenas de consultas e cirurgias foram ontem adiadas devido à greve dos médicos. O sindicato fala numa adesão superior a 90%, no primeiro de três dias de protesto.

Últimas