PSP e GNR querem subsídio "imediato"

Os polícias e militares da GNR admitem que estão a surgir dinâmicas que escapam ao controlo dos sindicatos, mas rejeitam que as forças de segurança estejam a ser instrumentalizadas pela extrema-direita, como sugeriu o ministro da Administração Interna. Dizem ainda que o discurso incendiário de José Luís Carneiro também contribui para aumentar o ambiente de exaustão e desânimo.

Últimas