Brasil decretou estado de calamidade pública

O número de mortes subiu para oito e há 621 pessoas infetadas.