Nova mutação do vírus que é mais infecciosa

Foi descoberta uma nova mutação do coronavírus que é mais infeciosa, mas menos letal.