Vitória de Setúbal despromovido

O Tribunal Arbitral do Desporto não deu provimento à providência cautelar do Vitória de Setúbal, que pretendia suspender a decisão de desclassificação do clube para o campeonato de Portugal. O presidente do emblema sadino, Paulo Gomes, acusa a liga de não ser imparcial.