Massacre em Christchurch

O autor da morte de 51 pessoas, em 2019, na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, foi condenado a prisão perpétua. Brenton Tarrant não terá direito a liberdade condicional.