Record Europa Médico que denunciou morte foi demitido

Médico que denunciou morte foi demitido

O médico legista que denunciou o homicídio de um cidadão ucraniano às mãos do SEF foi demitido do Instituto de Medicina Legal, alegadamente por violação de normas internas. No entanto, a Record TV sabe que os restantes autores do artigo em causa não sofreram penalizações desse tipo.

Últimas