Record TV lamenta a morte de Erasmo Carlos

Nas telas da emissora, ele construiu parte da história do ritmo no país ao apresentar, com Roberto Carlos e Wanderléa, o programa Jovem Guarda

Erasmo Carlos foi um dos maiores nomes da música brasileira

Erasmo Carlos foi um dos maiores nomes da música brasileira

Divulgação

A Record TV lamenta o falecimento de Erasmo Carlos, um dos maiores nomes da música brasileira. Pioneiro do rock nacional, sua trajetória também se confunde com a do canal. Nas telas da emissora, ele construiu parte da história do ritmo no país ao apresentar, com Roberto Carlos e Wanderléa, o programa Jovem Guarda.

A atração, que estreou na emissora em 22 de agosto de 1965, popularizou o rock no Brasil, influenciando não apenas a música, mas a moda e o comportamento de toda uma geração
Em entrevista ao Domingo Espetacular, em fevereiro deste ano, ele falou sobre essa época: “Foi um período fértil de criação, quando conheci os amigos tão importantes que me ajudaram com todo o movimento. A Jovem Guarda é uma coisa engraçada porque era simplesmente um programa de televisão, mas foi tão grande a força dele que a imprensa apelidou o movimento todo do “iê-iê-iê” de Jovem Guarda e ficou até hoje. O programa era tão forte que deu nome ao movimento todo. Foi um sucesso estrondoso, uma coisa fora do normal que só vi semelhança com os Beatles na Inglaterra".

Considerado um artista completo – foi ator, cantor, compositor, multi-instrumentista –, o Tremendão, como também ficou conhecido, transitou por outros gêneros musicais e realizou diversas parcerias, deixando o legado de uma extensa obra que atravessou gerações, marcando a história da música popular brasileira em mais de seis décadas de carreira.
A Record TV expressa suas sinceras condolências aos familiares, amigos e fãs do artista.

Últimas