SP Record Santos não vai mais antecipar vacinação

Santos não vai mais antecipar vacinação

Decisão leva em conta determinação do Instituto Butantan

O Instituto Butantan, que produz a Coronavac, vacina contra à Covid-19, divulgou estudo onde, o intervalo entre a primeira e a segunda dose, deve ser de, no mínimo, 21 dias.

Os dados mostram que a eficácia do imunizante aumenta em 10%. Por isso a cidade de Santos não vai mais antecipar os grupos prioritários. Veja na reportagem.

Últimas