TV Tropical Repórter Aventura da TV Tropical encara o Pico do Cabugi RN

Repórter Aventura da TV Tropical encara o Pico do Cabugi RN

O único vulcão extinto no Brasil que mantém até hoje sua forma original

  • TV Tropical | Record TV Emissoras

Tiago Medeiros, repórter aventura da TV Tropical

Tiago Medeiros, repórter aventura da TV Tropical

Divulgação TV Tropical

O quadro Repórter Aventura, apresentado pelo jornalista Tiago Medeiros, é exibido todos os sábados no programa Sabadão Tropical de Verão, que vai ao ar às 13h30 e aborda esportes radicais que o telespectador também pode realizar.

“Quando recebei o convite para fazer o ‘Repórter Aventura’ a ideia era gravar atividades radicais que os telespectadores poderiam fazer no verão. Mas por eu não ter um corpo atlético, achei que isso fosse ser um problema. Ao contrário, mostrar um homem de corpo comum em situações radicais, encorajou muita gente a se aventurar nesse período, em atividades que achavam que nunca teriam coragem”, conta o repórter Tiago Medeiros.

Repórter Tiago Medeiros durante escalada. Imagem: Olinto Bezerra

Repórter Tiago Medeiros durante escalada. Imagem: Olinto Bezerra

Divulgação TV Tropical

Além de escalar o Pico do Cabugi, Tiago fez rapel em pedreira abandonada, voou de parapente, fez trilhas off-road à noite, descobriu um Vale Encantado, mergulhei em corais, desci rio de caiaque, me aventurei de sandboard, até puxado por um buggy, como se fosse um “wakeboard nas dunas”.

Segundo ele, “a ideia de subir o Pico do Cabugi surgiu numa conversa despretensiosa com o cinegrafista Olinto Bezerra. Era uma forma de contemplar o interior do estado, que tem um verão sem praia, e fazer algo que era o sonho de muitas pessoas. Uma conquista que “coroaria” a temporada.”

Localizado próximo o município de Angicos, no interior do Rio Grande do Norte, o Pico do Cabugi é uma formação rochosa e, segundo especialistas, o único vulcão brasileiro que nunca entrou em atividade, apresentando a sua formação original até o hoje. Com quase 600 metros de altitude, o percurso até o pico é bastante íngreme e composto principalmente por rochas basálticas alcalinas intrusivas.

Durante a subida, que durou quase duas horas e meia, o repórter aventura da TV Tropical contou com a ajuda de um guia e de trilheiros mais experientes. A equipe foi completada pelo cinegrafista Olinto Bezerra, que também encarou a experiência e garantiu imagens belíssimas de toda a expedição.


 e Olinto Bezerra, no ponto mais alto do Pico do Cabugi

e Olinto Bezerra, no ponto mais alto do Pico do Cabugi

Divulgação TV Tropical

A chegada ao topo foi sinônimo de alívio e superação. “Ufa! Chegou! Eu falei que eu só parava aqui em cima. E eu vou falar para vocês, físico não tem mais. Foi só na cabeça mesmo, foi só pensando que, quando a matéria fosse ao ar, os filhos veriam lá de casa e a galera que nos acompanhou nas outras matérias do Repórter Aventura também assistiria. Cada um escolhe com o que se motivar, mas aqui precisa estar realmente motivado. Porque, se não tiver, não chega até em cima”, explicou.

Tiago Medeiros ainda fez questão de fincar a bandeira da TV Tropical no ponto mais alto do Pico do Cabugi. “Chegar aqui em cima e colocar essa bandeira tem um significado muito especial.

Vinha pensando nisso no caminho todo. Significa que eu venci, que o Olinto Bezerra venceu, mas, mais que isso, que a TV Tropical venceu e chegou aqui em cima. Essa temporada do Sabadão Tropical de Verão tem sido desafiadora e acho que essa conquista representa bem tudo que temos passado ao longo das aventuras. Orgulho demais de fincar nossa bandeira no ponto mais alto do Pico do Cabugi”, celebrou o repórter.

Últimas