Balanço Geral Promotoria vai recorrer e pedir aumento de pena para assassinos de Núbia

Promotoria vai recorrer e pedir aumento de pena para assassinos de Núbia

Assassinos foram condenados a 13 anos de prisão. O promotor de acusação disse que vai recorrer.

Acabou no início da noite de ontem o julgamento dos assassinos de Núbia Ribeiro, a jovem comerciante morta em setembro de 2017 em Franca. Lauany e Leonardo foram condenados cada um a 13 anos de prisão pelos crimes de homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver. Já Ítalo recebeu uma pena menor, 7 anos e meio de prisão, pelo crime de homicídio simples. Após a sentença, o promotor de acusação manifestou que vai recorrer.

Últimas