Cidade Alerta Caso Dagmara: laudo aponta que mulher não estava envenenada quando morreu

Caso Dagmara: laudo aponta que mulher não estava envenenada quando morreu

O delegado, Dr. Feliz, que esteve à frente do caso, contou o que a Polícia sabe da morte da Dagmara.

  • Cidade Alerta | Do R7

Saiu o laudo da morte da auxiliar de enfermagem que morava em Guariba e trabalhava em Ribeirão Preto. O caso se tornou conhecido porque a Dagmara saiu da casa e disse que ia trabalhar mas não apareceu na unidade de saúde. Ela passou a noite em um hotel na cidade de Jaboticabal antes de desaparecer. Neste mesmo dia a última imagem da Dagmara foi dela entrando em uma agência bancária na cidade de Jaboticabal. O delegado, Dr. Feliz, que esteve à frente do caso, contou o que a Polícia sabe da morte da Dagmara. Confira.


*Reportagem exibida em 02/08/2021.

Últimas