Transexual foi asfixiada e corpo encontrado no Rio Piracicaba

Alice Garrefa estava desaparecida. Domingo, dia 9, o corpo dela foi encontrado boiando no rio Piracicaba.

Alice Garrefa, maquiadora, é de Sertãozinho mas morava em Ribeirão Preto. Estava desaparecida desde o dia 3 de agosto. No domingo, dia 9, pela manhã, o corpo dela foi encontrado boiando no rio Piracicaba, em Americana. Ela foi vista pela última vez quando atendeu o celular de um homem marcando um encontro. Foram até um motel na avenida Barão do Bananal em Ribeirão Preto. Mas este homem seria um ex companheiro dela que, segundo a família, já tinha ameaçado a Alice e usou um nome falso e outro número para poder marcar o encontro. No motel, Alice e o homem saíram com uma caminhonete e desde então ela nunca mais foi vista com vida. A polícia investiga o que aconteceu com Alice. A repórter Ludmila Osório foi até o local em que ela morava com um amigo.