Ambulâncias: CPI pede afastamento de secretário

A CPI diz que houve fraude na dispensa de licitação e favorecimento da empresa vencedora.

A CPI da Câmara Municipal que investiga a contratação de uma empresa de ambulâncias para Ribeirão Preto, pediu hoje o afastamento do Secretário da Saúde da cidade, Sandro Scarpelini e também da assistente dele, Jane Aparecida Cristina. A CPI diz que houve fraude na dispensa de licitação e favorecimento da empresa vencedora. A prefeitura nega qualquer irregularidade.