Luciér nunca morreu

"As reações falam muito sobre quem somos. Nela, enxergamos quem mora dentro de nós e, consequentemente, quem guia nossas escolhas"

  • Blog de Reis | Do R7

Luciér nunca se arrependeu e sempre esteve ali escondido dentro de Malquias

Luciér nunca se arrependeu e sempre esteve ali escondido dentro de Malquias

Reprodução/Record TV

Você reparou na reação do príncipe filisteu ao se deparar com o resultado das consequências de seus próprios atos?

A verdade é que Luciér nunca morreu. Ele nunca se arrependeu. Ele sempre esteve ali, escondido dentro de Malquias. E cada reação sanguinária dele, ao se deparar com Lavínia e Belá mortos, comprovou isso.

As reações falam muito sobre quem somos. Nela, enxergamos quem mora dentro de nós e, consequentemente, quem guia nossas escolhas. Portanto, se há o desejo sincero em mudar, devemos começar analisando quem somos por dentro.

Afinal, se tão somente abafarmos, escondermos, ela se revelará. Mais cedo ou mais tarde.

Últimas