Repórter Record Investigação Caso Bernardo completa 2 anos e a mulher acusada de fazer a cova do garoto fala pela primeira vez à tv

Caso Bernardo completa 2 anos e a mulher acusada de fazer a cova do garoto fala pela primeira vez à tv

Nesta quinta-feira (14), de Guaíba, no Rio Grande do Sul, o jornalista e apresentador Domingos Meirelles deixa a redação do Repórter Record investigação para fazer uma entrevista exclusiva e reveladora com a assistência social Edelvânia Wirganovicz, na Penitenciária Feminina, a 30 km da capital Porto Alegre.

Ela é uma das acusadas pela polícia de matar o menino Bernardo, de apenas 11 anos - um caso que sensibilizou todos os brasileiros.
Há seis meses, nossas equipes estão negociando essa entrevista com Edelvânia Wirganovicz.

Para a polícia, Edelvânia e a madrasta de Bernardo, Graciele Boldrini, mataram o menino e o enterraram em uma cova rasa, na cidade de Frederico Westphalen, interior do estado. Elas ainda teriam jogado soda cáustica em cima do corpo, na tentativa de apagar qualquer vestígio na cena do crime.

É a primeira vez que Edelvânia abre o jogo sobre a morte de Bernardo à uma equipe de televisão.
Você não pode perder! É nesta quinta-feira, às 23h30, logo após o Câmera Record