Na segunda-feira (27), Repórter Record Investigação apresenta a maternidade da morte

Em menos de um ano, duzentos bebês morreram em um hospital do interior do Maranhão

Duzentos bebês morreram em menos de um ano

Duzentos bebês morreram em menos de um ano

Reprodução/Thinkstock

Um dos momentos mais especiais na vida de uma mulher é, certamente, o dia em que ela se torna mãe. São nove meses de gestação, com muito amor e carinho, até a chegada de um filho. Mas para dezenas de pais da cidade de Caxias, no interior do Maranhão, essa celebração da vida se transforma em luto.

No programa desta segunda-feira (27), os repórteres fazem uma investigação exclusiva e revelam porque quase duzentos bebês morreram na Maternidade Carmosina Coutinho, em menos de um ano, segundo as autoridades que investigam os casos.

Depoimentos fortes, comoventes e inéditos, como o de Dayane, de 17 anos, que teve parte dos sonhos soterrada com a perda da filha. A adolescente não sabe porque sua bebê morreu. 

José de Ribamar e Mayane também desconhecem as causas da morte do filho, que nem chegou a nascer. O casal sequer consegue descrever o tamanho a dor. 

Você vai acompanhar também o drama de crianças que nasceram prematuras naquele hospital e ficaram cegas. Não perca o Repórter Record Investigação, a partir das 22h30, na tela da Rede Record!