Repórter Record Investigação Repórter Record Investigação mostra os desafios enfrentados pelos caminhoneiros brasileiros

Repórter Record Investigação mostra os desafios enfrentados pelos caminhoneiros brasileiros

Equipe  esteve na 'rodovia da bala', como ficou conhecida a divisa da Bahia com Pernambuco, onde bandidos saem da caatinga para atacar

Caminhoneiros falam sobre os riscos de trabalhar na estrada

Caminhoneiros falam sobre os riscos de trabalhar na estrada

Reprodução/RecordTV

O Repórter Record Investigação desta quinta-feira (11) mostra os desafios enfrentados pelos caminhoneiros pelas estradas do Brasil. Esses profissionais imprescindíveis estão cada vez mais expostos e correm riscos assim e pegam a estrada.

Quase sete milhões de caminhões rodam pelas rodovias carregando grande parte da riqueza produzida no país. Para movimentar a economia e colocar comida dentro de casa, os motoristas encaram exaustivas jornadas de trabalho. Ficam longe da família. E não acompanham o crescimento dos filhos.

A equipe também viajou até um dos trechos mais arriscados para os motoristas. Na 'rodovia da bala', como ficou conhecida a divisa da Bahia com Pernambuco, bandidos saem da caatinga para atacar.

"É muito sofrido, cara! Os bandidos não têm piedade. Já me mandaram eu ficar quieto, se não eu iria morrer", relata Everaldo, caminhoneiro das antigas.

Com medo, muitos atravessam a rodovia da bala em comboio.

Tanto os mais experientes quanto os recém-chegados na profissão carregam marcas brutais do que já sofreram na estrada.

Seu Lima foi preso em um caminhão frigorífico por assaltantes e quase morreu congelado. "Já tava com cabelo congelado, 18 graus negativos. Foi um momento terrível pra mim", relembra.

De acordo com a investigação, quadrilhas estão aterrorizando caminhoneiros com o golpe do falso frete. Gilclério ficou três dias em cativeiro, sob o poder dos criminosos. Já Paulo, numa atitude impensada, reagiu ao bandido. O programa vai explicar em detalhes como funciona esse tipo de golpe.

E mais: para diminuir prejuízos, as empresas de transporte investiram pesado em segurança. Além do rastreamento por satélite, os caminhões e carga ganharam itens tecnológicos que tentam evitar o roubo ou recuperar as mercadorias.

 O Repórter Record Investigação vai ao ar toda quinta-feira, a partir das 22h45, na tela da Record TV

Últimas