Repórter Record Investigação Repórter Record Investigação traz revelações sobre caso do menino no tambor

Repórter Record Investigação traz revelações sobre caso do menino no tambor

Equipe teve acesso a fotos e vídeos que mostram detalhes da vida em família, além de relatos de vizinhos, pessoas próximas e parentes 

Os relatos de violência contra o menino são estarrecedores

Os relatos de violência contra o menino são estarrecedores

Reprodução/Record TV

O Repórter Record Investigação desta quinta-feira (18) traz informações inéditas sobre o caso do menino de 11 anos que foi encontrado acorrentado em um tambor, dentro da casa onde morava com a família, em Campinas (SP), no dia 31 de janeiro de 2021.

Na última sexta (12), o Ministério Público de São Paulo denunciou por tortura o pai do garoto, Carlos Eduardo, a madrasta Luciana e a filha dela, Stefani. A equipe da Record TV teve acesso, com exclusividade, a fotos e vídeos que revelam detalhes da vida em família.

Carlos Eduardo e Luciana sempre foram reconhecidos no bairro pela caridade. Ela, principalmente, ajudava os mais pobres e protegia os animais. Mas a realidade dentro de casa era outra, bem diferente do que qualquer um pudesse imaginar.

Nossos repórteres também entrevistaram vizinhos, pessoas muito próximas e parentes do casal. Os relatos de violência contra o menino são estarrecedores.

"Ela gritava muito. Batia nele. Havia muita briga, palavrão", descreve um familiar que não quer se identificar, porque tem receio de sofrer represália.

"Era tortura. Ele era torturado. Era uma tortura só", relata uma outra testemunha.

O menino pouco foi visto na vizinhança nos últimos anos. Não brincava, não ia para escola, não jogava bola com os outros garotos da rua.

"Eu não sabia que existia essa criança no local. Não era criança de convívio na rua, não saía, não brincava, a gente não tinha conhecimento dele", conta Ivanei. Foi ele quem fez o vídeo e mandou para polícia. Graças a Ivanei, a criança foi libertada pela polícia.

Pela primeira vez, os tios paternos vão assistir as cenas que marcaram o dia do salvamento do sobrinho. Eles ficaram impactados e comovidos com o que viram.

"Se eu imaginasse que meu sobrinho estava nessa situação, você acha que eu ia ficar de mãos abanando? Eu iria tomar uma atitude, porque ele estava naquelas condições", diz a tia Cristina.

O programa ainda fala sobre o futuro do garoto. Não perca o Repórter Record Investigação desta quinta (18), a partir das 22:45, na tela da Record TV.

Últimas