Repórter Record Investigação Caso Hillary: tiro que matou menina partiu de policial, comprova perícia particular

Caso Hillary: tiro que matou menina partiu de policial, comprova perícia particular

Repórter Record Investigação mostra casos de crianças mortas por bala perdida

No dia 12 de fevereiro de 2019, em Peruíbe (SP), um tiro ceifou a vida da pequena Hillary, de apenas 2 anos de idade. O disparo foi feito durante uma perseguição policial. Depois das primeiras investigações, o caso foi arquivado, mas a família não desistiu de buscar justiça. Um perito particular foi contratado e comprovou que a bala que ficou alojada na cabeça de Hillary foi disparada pelo policial. O caso foi reaberto, mas segue impune mais de dois anos depois do crime.

Últimas