Repórter Record Investigação "Choro de saudade da estrada": como um assalto mudou para sempre a vida de um caminhoneiro

"Choro de saudade da estrada": como um assalto mudou para sempre a vida de um caminhoneiro

História de Lenivaldo Lima Dias revela como caminhoneiros têm que carregar marcas brutais de uma profissão de alto risco

Lenivaldo Lima Dias, o Seu Lima, cruzou o Brasil por quase 25 anos. Mais do que um trabalho, o caminhão era uma paixão. Em 2006, porém, se tornou vítima de uma quadrilha de roubo de cargas. Ficou preso na câmara fria da carreta e só não morreu congelado porque outro motorista o salvou. Porém, o crime resultou em invalidez para a profissão. Lima enfrentou a depressão, melhorou após a chegada do neto, mas, 15 anos depois, ainda sofre com a saudade da carreira.

Últimas