Repórter Record Investigação "Eu me sinto invisível", diz trabalhadora e estudante que virou moradora de rua na pandemia

"Eu me sinto invisível", diz trabalhadora e estudante que virou moradora de rua na pandemia

A fome e o vírus vitimam brasileiros esquecidos na pandemia de coronavírus

Em Paraisópolis, comunidade de São Paulo, Roberto Cabrini mostra como as doações de alimentos salvam famílias inteiras da fome. A dependência afeta a autoestima e a dignidade. A situação já era difícil, mas se agravou muito com a pandemia e o desemprego. Nas ruas do centro da capital, a crise também é angustiante. Antes da pandemia, Márcia tinha um emprego e estudava enfermagem. Agora, sem trabalho e sem condições de estudar, ela mora na rua com o filho e conta com doações para poder comer.

Últimas