Mães de vítimas de serial killer precisam conviver com a dor da perda dos filhos

Foram necessários 12 anos até ser revelada a identidade do assassino em série Francisco das Chagas, responsável pela morte de 28 crianças e adolescentes nos arredores de São Luís, no Maranhão. O caso comove o país até hoje, em especial as mães das vítimas, que convivem com a dor da perda.