Rio Bom Demais Preso pela morte de galerista americano diz que mandante encomendou crime por US$ 200 mil

Preso pela morte de galerista americano diz que mandante encomendou crime por US$ 200 mil

Ex-companheiro de Sikkema foi acusado de envolvimento no caso. Os dois suspeitos foram indiciados pela polícia

O cubano preso pela morte do galerista americano Brent Sikkema disse à polícia que o crime teve um mandante. Segundo ele, o ex-companheiro de Sikkema encomendou o assassinato por US$ 200 mil. A motivação seria financeira. Os suspeitos foram indiciados pela Polícia Civil por homicídio qualificado. 

Últimas