Conteúdo exclusivo Kaká Silva sonha com projeto solidário após Top Chef Brasil

Kaká Silva sonha com projeto solidário após Top Chef Brasil

Em entrevista ao site oficial, o quarto eliminado do reality revela para quem vai a sua torcida e conta seus planos para o futuro

Kaká foi o quarto eliminado do reality

Kaká foi o quarto eliminado do reality

Antonio Chahestian/Record TV

O chef brasiliense Kaká Silva, de 54 anos, não passou despercebido na segunda temporada do Top Chef Brasil. O quarto eliminado do reality gastronômico da Record TV conquistou amigos, chegou a ser eleito carinhosamente presidente do confinamento e também se envolveu em uma polêmica no Teste de Fogo, após ter pego mais ingredientes do que precisava e não escapou do julgamento de alguns colegas.

Eliminado no episódio que foi ao ar na última quarta-feira (5), Kaká sente saudades de tudo o que viveu: “O confinamento foi excelente, senti muita falta quando sai. Foi uma experiência incrível participar do Top Chef”.

Ele conta que tentou dar o seu melhor ao longo do reality, mas o nervosismo falou mais alto: “Tentei dar o meu máximo nos pratos, mas devido ao ambiente diferente e com câmeras, a tensão foi maior”.

Kaká deixou o programa, mas torce para que a chef Luciana Berry vença a competição e leve para casa o prêmio de R$ 300 mil.

Entre os seus planos para o futuro, está um projeto solidário: “Penso criar um programa de inserção social para pessoas da área gastronômica que perderam o emprego durante a pandemia. Uma capacitação sem custo para aqueles que mais precisam”.

Relembre a eliminação de Kaká no Top Chef Brasil:


O Top Chef Brasil vai ao ar toda quarta-feira, a partir das 22h30, na tela da Record TV.

Últimas