Entrevistas “A convivência me fez esquecer a competição”, revela Ana Hirata 

“A convivência me fez esquecer a competição”, revela Ana Hirata 

Quarta participante a deixar o Top Chef Brasil comenta as polêmicas e avisa para quem vai sua torcida

  • Entrevistas | Juliana Lambert, do site oficial

Ana Hirata foi a quarta participante a deixar o Top Chef Brasil 3

Ana Hirata foi a quarta participante a deixar o Top Chef Brasil 3

Edu Moraes/Record TV

Ana Hirata não passou despercebida pela terceira temporada do Top Chef Brasil. Seja pelos pratos que arrancaram elogios dos jurados ou pelos conflitos com Emanuele, a chef paulistana deu o que falar e já deixa saudades no público.

Ela reconhece a importância da competição comandada por Felipe Bronze: “Estar entre 15 chefs escolhidos criteriosamente para participar do reality show gastronômico mais conceituado entre profissionais da área é uma grande honra”, afirma.

A profissional também aproveitou para esclarecer polêmicas: “Meu conflito com Emanuele foi estritamente dentro da cozinha. Combinamos os preparos antes do início da prova. Fiquei frustrada com o tempo da troca e por não ela não realizar o que havíamos combinado, afinal éramos uma equipe”.

Com uma lesão na perna durante o Desafio de Eliminação, a chef não estava por inteiro e acabou perdendo o controle do tempo na cozinha: “A dor na perna foi um dos fatores que me prejudicou, mas não acho que meu baixo desempenho se deva apenas a esse fator”, observa.

E quem disse que em reality não é possível fazer amigos? Ana Hirata relembra o apoio que recebeu durante a prova: “Tanto o Djalma quanto Enrique disseram que eu podia contar com eles para me ajudar, foram muito queridos”, revela.

A chef acredita que possa ter desviado o foco ao longo da disputa: “Eu me apego às pessoas e a convivência me fez esquecer a competição. Acabei me envolvendo demais em problemas que não eram meus e em mal-entendidos que poderiam ser evitados”, explica.

A quarta participante a deixar o Top Chef já tem torcida declarada: “Acredito muito no potencial do Giovanni para vencer essa competição. Ele e o Djalma são gigantes na cozinha”, comenta.

Ela revela o que levou do reality: “Houve uma troca muito rica de conhecimento, tanto na casa quanto na cozinha. Aprendi muitas técnicas novas e o mais importante: conheci muito sobre mim mesma”, finaliza.

Sob o comando de Felipe Bronze, o Top Chef Brasil vai ao ar toda sexta-feira, logo após A Fazenda 13.

Últimas