Ciganos são detidos um ano após o assassinato da menina Giovanna 

Mais de um ano após a morte de Giovanna, o juiz atendeu ao pedido do Ministério Público e decretou a prisão preventiva de Pero Petrovich. Os ciganos foram detidos em Araçatuba, no interior de São Paulo. Com eles foram encontrados diversos celulares, velas, bonecas e mechas de cabelo. Os dois alegaram inocência. Para assistir Em Nome da Justiça na íntegra, acesse o PlayPlus.com