Ator que interpretou Bozo revela que usava crack antes de entrar no palco: “Fumava 30 pedras por dia”

Veja no Câmera Record desta quarta-feira (3), logo após Gugu

 Marcos Pajé interpretava o palhaço Bozo

Marcos Pajé interpretava o palhaço Bozo

Reprodução/ Record

Nesta quarta-feira (3), o Câmera Record traz uma revelação exclusiva. Durante os três anos em que vestiu a peruca do palhaço mais famoso do Brasil, Marcos Pajé teria entrado no ar muitas vezes, segundo ele, sob o efeito de drogas.

O Bozo mais polêmico do País, que marcou a história da televisão brasileira e alegrou milhares de crianças, recebe o programa na casa simples em que mora no interior de São Paulo e faz revelações impressionantes: “Foi a maior honra fazer o personagem. Mas, na época, eu já era usuário", confessa. E completa: “Fumava até 30 pedras de crack por dia”.

Num depoimento exclusivo aos nossos repórteres, ele abre o jogo e afirma que era viciado também em cocaína. Acompanhado por nossa equipe, Pajé volta à comunidade onde convivia com centenas de viciados e alerta sobre o perigo de se envolver com drogas.

E, ainda, o grupo que cantava a música “Please Don’t Go” fez tanto sucesso no Brasil que o vocalista aprendeu a falar português. Por onde anda o grupo Double You?

O Câmera Record, apresentado por Marcos Hummel, vai ai nesta quarta-feira (3), à 0h15, logo após Gugu