Acompanhe os Casos Caso Ana Paula: cunhado de vendedora executada é preso suspeito de encomendar crime

Caso Ana Paula: cunhado de vendedora executada é preso suspeito de encomendar crime

Câmera de segurança registrou a ação de um matador de aluguel, que disparou contra Ana Paula Matos na saída do trabalho, na região central de São Paulo

A vendedora Ana Paula Matos, de 35 anos, foi surpreendida por disparos de arma de fogo em plena luz do dia, assim que deixou o serviço no dia 21 de dezembro de 2020, na região do Brás, centro de São Paulo. O resgate chegou logo depois no local, mas a mulher não sobreviveu aos ferimentos. Imagens do circuito de segurança na rua mostraram dois homens de bicicleta no local. Enquanto um dá cobertura, o outro se posiciona atrás de um posto e atira contra Ana Paula, que desce a rua. Com os registros, a polícia descobriu que a vendedora foi vítima de uma quadrilha de matadores de aluguel que atua na região.

Dois suspeitos foram presos e um deles confirmou que a morte de Ana Paula foi encomendada. Com as informações, a polícia conseguiu chegar ao mandante do crime, José Santana Satile, de 45 anos, cunhado da vítima. De acordo com as investigações, ele teria vivido um caso com a vendedora, o que pode ter motivado o crime.

Últimas