Jornal da Record Fiocruz e UFMG vão monitorar saúde dos moradores de Brumadinho

Fiocruz e UFMG vão monitorar saúde dos moradores de Brumadinho

Durante 20 anos, a Fiocruz, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais, vai monitorar 4.200 moradores de Brumadinho atingidos direta ou indiretamente pela tragédia. Serão coletadas amostras de sangue e de urina dos moradores, que também serão submetidos a exames clínicos e a um questionário. As informações vão ajudar a rede pública de saúde para demandas específicas da cidade. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com

Últimas