Entrevistas Priscila Ubba destaca diferenças culturais e confusões no casamento de Nebset com Salomão em Reis — A Sucessão

Priscila Ubba destaca diferenças culturais e confusões no casamento de Nebset com Salomão em Reis — A Sucessão

Atriz também ressalta personalidade forte da egípcia e felicidade dela com a união

  • Entrevistas | Gabriel Alberto, do site oficial

Cerimônia de casamento foi constrangedora para Nebset e Salomão

Cerimônia de casamento foi constrangedora para Nebset e Salomão

Divulgação/Seriella Productions

O casamento de Nebset (Priscila Ubba) e Salomão (Guilherme Dellorto) em Reis — A Sucessão movimentou a trama com um ‘climão’ atrás do outro. As celebrações pela união se tornaram um grande constrangimento pelo ciúme da egípcia em relação a Abisague (Barbara França). Além disso, a presença de Naamá (Ingrid Conte) também surpreendeu Salomão — e os telespectadores. 

“Até brinquei, parecia que ela estava se casando sozinha, porque o Salomão tinha as duas outras mulheres ali e estava desconfortável, em uma cultura diferente, com outros deuses... Acabou de ser coroado, tentava se reestruturar como rei. Para ele, foi tudo muito diferente e, para a Nebset, tudo muito confortável”, analisou Priscila Ubba em entrevista ao site oficial.

Logo antes do casamento, incomodada com a paixão do rei por Abisague, a egípcia dopou a concubina e a deixou nua na frente de todos no festival de Khoiak, o que ocasionou uma “punição” do rei de Israel.

Na noite de núpcias, Salomão se deitou com a esposa e, em seguida, resolveu voltar para Israel, o que foi visto por ela como uma humilhação. 

“Foi bem difícil, porque ela é uma princesa, filha do faraó. Nunca foi humilhada, pelo contrário, sempre foi almejada. Existe uma decepção muito grande, porém ela sabe que errou”, afirmou Priscila.

Desde o início, os fãs perceberam a curiosidade de Nebset por Israel e pela cultura da nação. A aliança entre o faraó Siamun (Gustavo Ottoni) e Salomão foi ideal para ela.

“Existe uma questão política. O Egito está economicamente falido. Então, o pai da Nebset a utiliza, de comum acordo, para conhecer Israel e Salomão. E ela se encanta pelo rei”, explicou.

Atriz comenta mistérios da egípcia

Atriz comenta mistérios da egípcia

Divulgação/Seriella Productions

“Nebset volta apaixonada por ele. Falo que o amor e a política andam juntos no Egito. Então, ela já sabia que seria orientada pelo pai a um casamento estratégico. E ela teve a sorte de se apaixonar, então, está muito feliz com essa união”, completou a atriz.

A intérprete da egípcia apontou que a personagem é muito misteriosa, o que intrigou o público logo nas primeiras aparições na série. 

“É uma personagem muito rica e cheia de camadas. Por essa inteligência dela, transmite esse mistério. Agora, ela se mostra aos poucos. O enredo é muito rico e para mim, como atriz, construir essa personagem é um primor”.

No início do casamento, não há amor da parte de Salomão, apenas uma visão estratégica e política. Mas a princesa egípcia vai utilizar da sedução para conquistar o rei de Israel.

“Ele fica ressabiado e não quer admitir que também está encantado por ela. Só que a Nebset vai conseguindo domar o Salomão. Ela quer ser amada por aquele homem. [Quando] Ela vai para Israel, é uma mudança muito grande. A Nebset vai construindo aos poucos essa relação”.

Preparação

Priscila estudou a cultura egípcia e também a dança para viver a princesa. Em alguns momentos, Nebset já apareceu dançando, inclusive na noite de núpcias. 

“Não tinha conhecimento da cultura egípcia e me encantou, porque é riquíssima. A gente teve um preparo muito grande com os historiadores, tanto do Luiz Gustavo de Assis quanto do Maurício dos Santos, que deram algumas palestras. Também me aprofundei porque gosto muito dessa parte da pesquisa. Acho que é fundamental para a construção. E, para a dança, tive a [coreógrafa] Dani Cavanellas como preparadora. Acho que isso vai fascinar o público e enriquece a construção do personagem. É um bálsamo para nós, atores”, garantiu. 

Atriz destaca a importância do visual de Nebset

Atriz destaca a importância do visual de Nebset

Divulgação/Seriella Productions

Por baixo da peruca, Priscila aparece com o cabelo mais curto, mas não raspado, como é comum em outras produções que retratam esse período egípcio. 

“Houve a dúvida se eu ia raspar ou deixar um corte mais natural. Eu amei, acho que é a cara da Nebset, porque tem essa força feminina da personalidade única dela”.

Será que Nebset vai conseguir reverter a situação com Salomão? Descubra em Reis — A Sucessão, de segunda a sexta, às 21h, na Record TV. Perdeu algum momento? Veja o resumo da semana aos sábados, no mesmo horário. Aproveite também os episódios completos disponíveis em PlayPlus.com.

Internautas repercutem climão no casamento de Salomão:

Últimas